Terra sem fronteiras: Do sul do Brasil ao Alasca - Joyce Guimarães

Terra sem fronteiras: Do sul do Brasil ao Alasca

By Joyce Guimarães

  • Release Date: 2017-08-25
  • Genre: Fotografia
  • Size: 28.13 MB

Alternative Downloads

Description

Explorar a Terra sem fronteiras, atravessar 17 países em 252 dias, totalizando 72.496 quilômetros, enfrentar inúmeras barreiras, dirigir até 17 horas por dia, paisagens de tirar o fôlego, quase 23 mil fotografias, passar pela linha do Equador, avistar animais selvagens, um acidente, conhecer Jesus, chuva, neve, sol, arco-íris, aurora boreal, cruzar o Círculo Polar Ártico, estes foram os muitos desafios para chegar de carro até o Alasca. Mas ainda faltava mergulhar no mar congelante do Ártico e explorar os mistérios e belezas desse imenso território que não é feito só de gelo. E foi isso que eles fizeram.
Partindo de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, a educadora Joyce Guimarães e o fiscal da Fazenda e fotógrafo amador Cláudio Guimarães iniciariam uma longa jornada rumo ao Alasca, em primeiro de junho de 2007, aventura que eles contam no livro Terra sem fronteiras – do sul do Brasil ao Alasca, publicado pelo selo Escrituras. O texto é de Joyce e as fotos de Cláudio.
Sair do sul do Brasil a bordo de um Land Rover 2002, adaptado para a viagem, subir toda a América do Sul, atravessar a América Central, cruzar os Estados Unidos e o Canadá e banhar-se nas águas do Mar Ártico exigiu meses de muito planejamento e seis anos de muitas aventuras anteriores, que prepararam o casal para essa empreitada: viagens de férias a lugares selvagens e inóspitos da América do Sul – como a Patagônia argentina e chilena; o deserto de Atacama, no Chile; Machu Pichu e lago Titicaca, no Peru; Salar de Uyuni, na Bolívia; e Colônia de Sacramento, no Uruguai.
Para viabilizar o arrojado projeto, Cláudio pediu licença do serviço público e Joyce, que tem formação em letras e especialização em educação infantil, ficará mais tempo afastada da sala de aula. Após juntarem dinheiro por mais de um ano, os viajantes conseguiram reunir o que precisavam. Parte dos recursos veio por meio de patrocínio, para o uso de slides, de adesivos para afixar as bandeirinhas das nações a serem percorridas no carro e na compra de roupas, revisão e acessórios para veículos.

keyboard_arrow_up